capitolio o mar de minas

Quem disse que Minas Gerais não tem mar, é porque ainda não visitou Capitólio e os seus lagos e cânions que são de tirar o fôlego. Não é à toa que a cidade mineira é conhecida como “Mar de Minas”.

Rodeada de natureza, Capitólio possui um cenário emoldurado por cânions que podem alcançar 20 metros de altura e muitas grutas e cachoeiras, como a da Lagoa Azul que é uma das mais conhecidas da região.

Quer saber o que mais é possível encontrar em Capitólio? Continue a leitura e já vai preparando as malas para essa aventura com a Fully!

O famoso Lago de Furnas


O Lago de Furnas, em Minas Gerais, fica localizada na famosa Serra da Canastra, e é considerado um dos maiores e mais limpos lagos artificiais do mundo.

Só com essa informação já conseguimos imaginar o quão revigorante é mergulhar nas águas doces de Capitólio! Fundada em 1963, a Usina Hidrelétrica de Furnas foi quem deu origem ao lago que, hoje, atrai excursões e vários gringos para a prática de esportes e visitação.

A melhor forma de conhecer este conjunto de belezas naturais é através de um passeio de lancha ou de escuna. Para os mais aventureiros existem diversas trilhas onde o explorador poderá conhecer a Gruta do Tucano e, ainda, o Parque Ecológico Cascata.

PS: O lago é quatro vezes maior que a Bahia da Guanabara e oferece paisagens de tirar o fôlego. A Fully Viagens inclui em seu pacote de viagem para Capitólio esse atrativo, que não pode ficar de fora do roteiro!

Uma outra forma segura de explorar a região por meio das trilhas é em uma excursão na região do Mar de Minas, onde um guia te instruirá de todos os cuidados que devem ser tomados, lugares aptos e não aptos para receber turistas.

Leia também: O Réveillon em Capitólio, MG

E aí, partiu Capitólio?


Já arrumou as malas para viajar com a Fully rumo a Capitólio? Fique de olho em nossos pacotes para Capitólio e conheça esse paraíso brasileiro.

Aproveite e confira o nosso texto com todas as dicas para se aventurar nos Canyons de Furnas

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *