as delicias da culinaria chilena

Inusitado. Essa é a palavra que define bem a culinária chilena, diferente de muitas outras que já estamos acostumados a experimentar. Mas como todo bom viajante explorador de novas experiências, não vamos ficar de fora dessa, né?

Então que tal um sushi de abacate com frango? Ou aquele cachorro quente delicioso com um pouquinho de abacate? Isso mesmo, bem-vindo(a) à culinária chilena. Mas nós podemos garantir que, por mais estranho que pareça, é bem gostoso!

Hoje vamos te levar para uma viagem INUSITADA pela culinária chilena. Portanto, abra a mente e o paladar para essa aventura e continue a leitura com a Fully!

Curiosidades sobre a culinária chilena

Uma curiosidade interessante sobre a culinária chilena e que podemos levar em consideração é que lá eles exploram as comidas típicas de acordo com a estação do ano. Ou seja, nada de sopa de legumes ou feijoada no calor de 40 graus igual fazemos no Brasil.

Outra coisa que também é bastante diferente dos nossos hábitos, é que as comidas típicas do Chile são servidas em pratos únicos, nada de misturar arroz com batata, farofa, bife e salada. Se você for para o Chile, cuidado com a vontade de juntar tudo em um prato só, hein…

A vantagem disso é que conseguimos apreciar melhor as refeições, levando em consideração que comemos uma coisa de cada vez. Listamos para você os principais pratos típicos da região, confira a seguir!

Curanto Al Hoyo

Vai um churrasquinho aí? O curanto al hoyo pode parecer esquisito quando visto pela primeira vez, mas é como um churrasco subterrâneo, onde adicionam frutos do mar, batata, carnes, linguiça e outros ingredientes em cima de pedras quentes que ficam em um enorme buraco no chão.

É um prato bastante conhecido na região, porém não são todos os restaurantes que reproduzem a “receita” devido à grande quantidade de alimentos que são feitos ao mesmo tempo, o que não compensaria vender em porções individuais.

Caldillo de Congrio

O congrio rosa é um peixe de carne branca, bem parecido com o salmão, e é considerado um prato típico do Chile, presente na maioria das receitas. É bastante famoso na região litorânea da costa do país.

É bastante apreciado com batatas e legumes de acompanhamento, mas pode ser preparado de diversas maneiras, sendo a mais conhecida como Caldillo de Congrio, um caldo de peixe com pedaços da carne dentro.

Empanadas

As famosas empanadas também são comuns de se encontrar no Chile, a única diferença é que a maioria das empanadas chilenas são recheadas de frutos do mar!

Mas é claro que também é possível encontrar diferentes recheios para saborear, como carnes, ovo cozido, pino e entre outros.

Lomo a lo Pobre

Apesar do nome, de “pobre” esse prato não tem nada. Afinal, são mais de 4 componentes presentes: carne (sendo de vaca, peixe ou porco), ovo frito, cebolas fritas e a deliciosa batata frita! Estamos começando a sentir um cheirinho de coisa brasileira nessa “mistureba”.

Completo

Alguém pediu fast food? O Completo é o prato mais consumido do Chile e consiste em um pão de cachorro quente, salsicha, tomate e um ingrediente mais que especial: abacate.

Já pensou na ideia de substituir o nosso famoso purê de batata por abacate? No Chile isso é muito comum e bastante saboroso!

Leia também: Uma viagem pela culinária Argentina

Se você sentiu água na boca só de ler esse texto…

Saiba que a Fully está super preparada para experimentar a culinária chilena com você em uma viagem incrível para Santiago do Chile.

E ai, partiu? Acesse o nosso site e confira o pacote de viagens disponível para o destino!

Explorar o mundo está na lista de muitas pessoas. E, com certeza, encontrar destinos para viajar no exterior gastando pouco é a soma perfeita para quem deseja aproveitar o prazer que é viajar.

Por sorte, existem muitas opções com culturas, gostos, atrações e custos que cabem no seu bolso. Portanto, não viajar por falta de grana não precisa ser uma preocupação! 

A Fully Viagens preparou um conteúdo para te mostrar que ir para o exterior gastando pouco é possível. Vem com a gente!

Buenos Aires

¡Hola! ¿Qué tal? A capital da Argentina é o lugar perfeito para quem está no Brasil e deseja fazer sua primeira viagem internacional. E não é à toa que está na lista dos destinos mais visitados pelos brasileiros!

Além da facilidade em conseguir passagens aéreas, o destino sai muito mais em conta. Isso porque, com a grande demanda, existem muitos pacotes promocionais que te levam para Buenos Aires gastando pouquíssimo!

Ok, e se eu decidir ir para a capital da Argentina, o que posso fazer por lá?

Guia turístico de Buenos Aires

Uma cidade cheia de histórias comporta boas experiências! E por ser uma grande metrópole, as atrações de Buenos Aires são infindáveis.  Confira algumas que são parada obrigatória da cidade (e o melhor: de graça!).

  • Caminito: é só visitar para se apaixonar. Uma pequena rua clássica cheia de casinhas coloridas e lojinhas de souvenirs, é ideal para encontrar os “agradinhos” para os familiares.
  • Plaza de Mayo e Casa Rosada: Plaza de Mayo ou Praça de Maio, é o coração político de Buenos Aires e palco das maiores manifestações da cidade, sendo possível ver a famosa Casa Rosada.É o lugar ideal para quem gostaria de conhecer a história da cidade.
  • Cemitério da Recoleta: pode soar estranho por ser um cemitério, mas esse é um dos principais pontos turísticos de Buenos Aires. Estão enterrados lá presidentes, escritores e até mesmo vencedores do Prêmio Nobel. Vale a pena dar uma passada por lá!
  • Feira de San Telmo: parada obrigatória e tradicional para qualquer visitante, a Feira de San Telmo tem uma história incrível, como já contamos aqui no blog. 

Leia também: Encante-se pela feira de San Telmo em Buenos Aires.

Fala a verdade, quem nunca quis visitar Buenos Aires que atire a primeira pedra!

Santiago do Chile

Se você quer ser um viajante e nunca pensou em visitar Santiago no Chile, você está fazendo isso errado!

Localizada em uma região muito rica e com paisagens privilegiadas, como a famosa Cordilheira dos Andes, a cidade grande consegue agradar até o público mais exigente, l.

E o melhor: assim como Buenos Aires, a viagem se torna muito econômica pois o destino é querido por muitos brasileiros. 

O que você pode encontrar em Santiago

A maioria das pessoas embarca na cidade em busca de neve, shoppings e pontos turísticos da região. E para uma metrópole gigante como Santiago, não falta nada! Confira passeios lindos e gratuitos:

  • Cerro San Cristóbal: com a montanha mais famosa da capital, o passeio traz uma experiência incrível. Caminhando, é possível ver parques, piscinas e até um zoológico. Mas o melhor fica para o final: o topo da montanha com a vista privilegiada da cidade.
  • Museo de La Memoria: inaugurado em 2010, o museu foi aberto para homenagear as vítimas do regime militar de Augusto Pinochet com objetos, imagens e tudo que rememora a vida das vítimas da ditadura. Vale muito a pena visitar e ter essa experiência!
  • Plaza das Armas: um dos pontos mais famosos do Chile, a Plaza das Armas é o centro histórico da cidade, cheio de esculturas e árvores. Ideal para um passeio com a família e uma visita à Catedral Metropolitana.
  • Catedral Metropolitana: para quem adora arquitetura, a Catedral é o lugar perfeito para visitar. Com uma estrutura super conservada por dentro e por fora, possui uma beleza de tirar o fôlego. Pode anotar como passeio obrigatório na sua lista!

A facilidade em se locomover, grandes museus e parques, gastronomia e tantos outros pontos atrativos de Santiago o tornam um destino incrível para visitar. 

Viagem para Buenos Aires e Santiago é com a Fully!

E aí, tem vontade de viajar no exterior gastando pouco, com esses lugares incríveis? Então venha fazer uma viagem no exterior com a Fully!

Temos pacotes para Buenos Aires e Santiago, com direito a um guia de turismo para você aproveitar ao máximo seu destino! Confira em nosso site. #VemComAFully!

A culinária argentina reflete profundamente o quanto o país possui influência europeia.

Se olharmos além da comida, sua arquitetura inspirada em Paris e o sucesso de esportes estrangeiros como o Rugby também mostra isso.

Porém, nada se compara às cores deixadas pelos imigrantes italianos e espanhóis nos pratos mais conhecidos de lá.

No post de hoje, falaremos sobre algumas deliciosas comidas típicas da Argentina

Está pronto para ficar com água na boca? Então vem com a Fully!

Lomo

Tradicional em grande parte do país, o Lomo é uma carne macia, preparada de formas diferentes em cada região do país.

O Lomo à la Frontera, mais comum na região norte da Argentina, é um filé de carne grelhada, servido com batatas fritas, molho à base de ervilhas e pimentão vermelho com uma cobertura de ovos fritos.

É um prato muito saboroso e colorido.

Doce de Leite

A Argentina e o Uruguai possuem uma pequena rixa sobre a origem de seu doce de leite.

Porém, nós não precisamos entrar nessa briga, já que a iguaria é incrível tanto em um país, quanto em outro.

Deixando as brigas de lado, saiba que, quando você coloca o doce de leite argentino na boca, já percebe que não se trata do doce que está acostumado.

O sabor é tão maravilhoso que é como se você pudesse ouvir um coral de anjos cantando enquanto o saboreia.

Leia também: La Casa del Dulce de Leche: doces argentinos em um só lugar 

Parrillada

Se você aprecia carnes, você precisa provar a Parrillada: ela está para a Argentina como o churrasco está para o Brasil. 

O prato é composto de uma porção generosa de diferentes tipos de carne, como a de vaca, cordeiro, porco e frango, além de vários tipos de linguiça, como a murcielaga, que conhecemos como chouriço.

Em alguns restaurantes, ela vem com acompanhamentos como uma salada ou miúdos. Vale a pena provar!

Madero Tango

O Madero Tango é uma das casas de tango mais famosas de Buenos Aires e está localizada no refinadíssimo Puerto Madero, perto de outro ponto famoso, o Casino Flutuante.

O local oferece aos seus convidados um jantar em três passos, com bebidas incluídas, no período da noite. E acredite: todos os pratos do restaurante são maravilhosos.

Se não estiver com muita fome, você ainda pode assistir ao show sem o jantar. Mesmo assim, será oferecida uma pequena tábua de frios e bebidas (uma garrafa de vinho para cada duas pessoas, enquanto refrigerantes e água são servidos à vontade).

Você acha que dá pra dizer não?

Pronto para apreciar a culinária Argentina?

Já está se imaginando na culinária Argentina apreciando todos esses pratos de dar água na boca, não é? Agora, que tal acessar a nossa seção de pacotes e começar a planejar a sua viagem para a Argentina com a Fully? <3

Se você aprecia viagens mais urbanas e repletas de história, em Santiago você vai encontrar uma experiência inesquecível.

A cidade é um berço cultural para artistas e passeios interessantes, tornando a trip uma verdadeira imersão na história da capital e na cultura do povo chileno.

Se você está indo para Santiago, fique ligado em tudo que precisa conhecer quando estiver por lá. Vem com a Fully!

Cerro San Cristóbal

O Cerro San Cristóbal, localizado dentro do Parque Metropolitano, é um mirante com uma linda vista de Santiago.

De lá, é possível observar as paisagens da cidade, além das montanhas que são de tirar o fôlego.

Para subir, você pode ir de teleférico, funicular ou caminhando.

É um passeio bem interessante, já que o Parque Metropolitano por si só conta com diversas atrações, como o jardim botânico, por exemplo.

Mas o grande destaque do Cerro San Cristóbal fica mesmo para a vista do mirante, que é simplesmente incrível.

Museu Nacional Bellas Artes

Fundado em setembro de 1880, o Museu Nacional de Bellas Artes é o mais antigo da América do Sul.

Uma curiosidade é que em sua fachada é possível observar um mosaico que faz alusão a diversos arquitetos, pintores e escultores que ganharam fama ao longo da história da arte mundial.

Quando foi aberto, o local contava com 140 peças, número esse que, hoje, já ultrapassa mais de 5 mil obras de diversas culturas e épocas.

A entrada é gratuita e o museu funciona de terça a domingo das 10:00 às 18:45.

Catedral Metropolitana

Se você é um amante da história e da arquitetura, não pode deixar de conhecer essa catedral.

Por lá, há muito o que fazer e observar, desde a Plaza das Armas no início do passeio até os detalhes mais sutis dessa famosa construção religiosa.

A Catedral Metropolitana do Chile foi construída no século 16 e, desde então, passou por algumas reformas que explicam seu visual neoclássico de hoje em dia.

Um marco importante para a capital desde os tempos antigos, o local até hoje é frequentado por pessoas de todo o mundo, que vão até lá por fins religiosos ou históricos.

É importante frisar que, em alguns horários, ainda acontecem missas no local. Por este motivo, é importante manter o respeito com a igreja e os outros visitantes.

Mercado Central

No Mercado Central de Santiago você vai encontrar diversos restaurantes e uma variedade enorme de alimentos frescos e especiarias tipicamente chilenas.

As especialidades do local são peixes e frutos do mar, e se você planeja conhecer a fundo a culinária do país, esse roteiro é OBRIGATÓRIO.

Os preços são um pouco altos em alguns estabelecimentos, mas com certeza você vai encontrar um lugar legal para suas refeições e ainda conhecer um pouco da arquitetura clássica do Chile, já que o prédio em que a magia gastronômica acontece foi fundado em 1872.

Que tal mergulhar na história de Santiago com a Fully?

Só com essas atrações já dá aquela vontade de viajar para Santiago, não é mesmo?!

Acesse a nossa seção de pacotes e comece a planejar a sua trip para o Chile com a Fully!

A capital Argentina é uma fonte infindável de fatos exclusivos. Como assim? É simples: as curiosidades sobre Buenos Aires são inúmeras, justificando todo o fascínio que ronda a cidade.

Portanto, para você conhecer algumas delas, a Fully Viagens preparou uma lista com curiosidades fascinantes sobre Buenos Aires.

Mas pode ficar tranquilo: ainda terão muitas coisas para você descobrir com os próprios olhos em sua viagem! 😉

A avenida mais larga do mundo

A avenida 9 de Julho é a avenida mais larga do m-u-n-d-o. Famosa por cortar a cidade toda, ela possui 140 metros de largura, com doze (isso, nós dissemos 12) pistas!

Inclusive, a construção dessa avenida deu o que falar na época: em 1912 seu projeto foi aprovado, mas apenas em 1937 iniciaram as construções. Isso porque ainda existiam casas e edifícios no local. A escolha do nome da avenida tem uma plausível justificativa, sendo a data que independência da capital Argentina foi conquistada. 

Ainda na 9 de Julho está localizado o Obelisco de Buenos Aires, um dos principais pontos turísticos argentinos. 

Uma curiosidade muito interessante sobre o Obelisco, foi a sua construção incrivelmente rápida que ocorreu entre os meses de Março e Maio de 1936! 😱 Essa construção foi um presente de 400 anos da fundação de Buenos Aires!

Bairro Puerto Madero: uma singela homenagem às mulheres

Já pensou se existisse um bairro onde todas as ruas tivessem nomes de mulheres? Assim é Puerto Madero.

Um dos bairros mais novos da capital porteña leva o nome de grandes educadoras, políticas e artistas locais em homenagem aos seus feitios. Encantador, né?!

Madero Tango: o baú cultural de Buenos Aires

Considerada a cidade do Tango, Buenos Aires é o lugar ideal para quem ama apreciar essa dança típica da região. Mas é claro que o espetáculo não para por aí.

A grande surpresa é que no Madero Tango acontece um show incrível sobre a surpreendente história dessa dança cultural, desde o seu início até os dias atuais. Isso faz com que os visitantes experimentem um grande mix de emoções.

Além do show ao vivo, é possível se deliciar em um jantar repleto de pratos típicos e internacionais. Com certeza esse lugar é um show de sabores e tango, não é mesmo? 💃🕺

Já pensou em conhecer um Cassino Flutuante?

Não, você não entendeu errado. Também em Puerto Madero podemos encontrar o deslumbrante Casino Puerto Madero, localizado em dois luxuosíssimos navios que ficam atracados no deque do porto e, por esse motivo, é chamado de flutuante.

A entrada é gratuita e aberta 24 horas. E para aqueles que não curtem muito jogos de cassino, o Casino Puerto Madero vai muito além de jogos! Vale muito a pena sentir essa experiência.

Aproveite e conheça a história desse lugar super diferenciado em nosso post: Aposte na diversão: conheça o Cassino Flutuante de Buenos Aires.

O cantinho do “pequeno príncipe”

Ou quase isso! O autor da obra “O Pequeno Príncipe”, Antoine de Saint Exupéry, morou no edifício da Galeria Güemes — o primeiro arranha-céu de Buenos Aires. 

Na época, ele escreveu outra obra, chamada Vôo Noturno. No entanto, dizem que o autor viveu apenas 2 anos na cidade, pois não se adaptou muito bem. 

Hoje, a Galeria Güemes está entre os três mirantes mais famosos de Buenos Aires.

A graciosidade da Feira de San Telmo

Se você ainda não sabe muito bem o que fazer em Buenos Aires, aqui vai uma dica de ouro!

Para mergulhar na cultura argentina, visite a Feira de San Telmo

A feirinha que foi criada com o intuito exclusivo de vender antiguidades por comerciantes locais evoluiu de maneira absurda com o passar dos anos.

São 9 quarteirões de feira, com extensão até a Plaza de Mayo — outro ponto turístico de Buenos Aires. Vale – e muito – a pena visitar a feirinha!

Mais uma pitadinha de curiosidades

Além disso, a capital argentina tem outras curiosidades que valem a pena contarmos!

  • Pioneira na América Latina, Buenos Aires passou a permitir união civil entre casais homoafetivos em 2002.
  • Esse é um dos destinos preferidos dos brasileiros: a cidade recebe, aproximadamente, 500 mil turistas do Brasil por ano. 
  • E aqui vem uma possível justificativa! Para entrar na Argentina, por ser um país do Mercosul como o Brasil, não precisamos de visto, nem passaporte — o documento de identidade é suficiente. 
  • As cidades brasileiras mais parecidas com Buenos Aires são Brasília, Rio de Janeiro e Porto Alegre. 

Buenos Aires: uma cidade para adicionar à lista de desejos

Buenos Aires é realmente encantadora, não é?! Então, que tal aproveitar as facilidades que a Fully tem e garantir o seu pacote para Argentina?

Viaje com um guia e conte com todo o suporte que você precisa para realizar uma viagem internacional apaixonante como Buenos Aires!

Quando pensamos em viagem em grupo, logo associamos a trajetos rodoviários. E aí se pensarmos em destinos mais distantes de São Paulo, por exemplo, o cansaço de longas horas sentados em um banco de ônibus parece exaustivo e o desânimo já bate, não é mesmo?!

Pensando nisso, a Fully Viagens está reinventando o seu conceito de viagens em grupo: agora nós também temos opções com aéreo!

Portanto, se você já acompanha nossos pacotes de viagem e novidades, já viu alguns destinos internacionais por aqui. Mas, para te levar ainda mais longe, nós temos novidades!

Destinos nacionais com aéreo agora fazem parte das opções Fully!

Para você entender um pouquinho mais como funcionam nossos pacotes com aéreo, separamos algumas informações bem bacanas. Confere com a gente!

Destinos nacionais com aéreo

A Fully Viagens é referência em viagem em grupo! Para oferecer uma experiência ainda melhor, nós expandimos nossos horizontes. ✈️

A partir de agora, você encontrará destinos nacionais com aéreo em nosso site. 

O primeiro, que inclusive já está disponível em nossa seção de pacotes, é nada mais, nada menos que Fortaleza com Jericoacoara! Em um pacote de 5 dias, você vai conhecer duas das cidades mais visitadas do Nordeste brasileiro. 

Mas… [alerta de spoiler] a dica é: acompanhe a Fully nas redes sociais, pois em breve lançaremos mais opções de pacotes com aéreo por esse Brasilzão afora! 😉

Viagem em grupo internacional com aéreo

O sonho de fazer a primeira viagem internacional fica muito mais fácil com nossos pacotes. Anteriormente, nós falamos sobre as vantagens de escolher um pacote de viagem com guia, principalmente para destinos internacionais. 

Além de tudo isso, você ainda conta com a comodidade de ir para lugares como Argentina e Machu Picchu sem se preocupar em encontrar uma viagem de avião mais barata.

Na Fully, os pacotes para esses dois destinos contam com um roteiro previamente organizado, um guia turístico que conhece as localidades e valores bem mais acessíveis do que o comum.

Assim, sua excursão em grupo é mais prática, divertida e principalmente econômica!

Com o que devo me preocupar?

Com a diversão! 🥳

Nós cuidamos de todo o seu pacote de viagem com o maior zelo possível! Olha nosso check list para que sua experiência seja incrível:

  • Organizamos roteiros de viagem incríveis;
  • Encontramos os melhores preços em passagens aéreas — e já incluímos nos pacotes;
  • Escolhemos as melhores pousadas e hotéis para sua estadia;
  • Selecionamos guias que irão agregar ainda mais conhecimento sobre os destinos;
  • Preparamos uma estrutura única desde o momento de embarque até o retorno para São Paulo.

Ah, aproveita e confere o nosso post sobre todas as vantagens de viajar com uma agência

Para saber quais são os nossos próximos pacotes com aéreo, continue de olho em nossa seção de pacotes, nosso blog e também em nossas redes sociais. Vem de Fully! 😉

A história do Hard Rock Cafe embeleza toda a singularidade daquela que é uma das maiores franquias de restaurante do mundo. 

Isso porque a rede é ponto de referência para os apaixonados por rock n’ roll e tradição, com mais de 190 unidades espalhadas por 59 países em todo o globo.

Para você saber como o Hard Rock Cafe se tornou uma potência mundial, a Fully Viagens vai te contar um pouquinho sobre essa história. Confira!

Hard Rock Cafe: a primeira unidade

A primeira unidade do Hard Rock Cafe foi inaugurada no dia 14 de Junho de 1971, em Londres.

Dois jovens estadunidenses se uniram e tiveram a ideia de abrir um café na área de Picadilly, uma praça bastante famosa da capital londrina. Anteriormente, o imóvel escolhido era a sede de um salão de automóveis, portanto, o espaço era bastante amplo.

Isso gerou a ideia de uma decoração bastante diferenciada: preencher todas as paredes com artigos relacionados ao universo do Rock n’ Roll era a missão! Mas… o verdadeiro motivo dessa ideia a gente vai te contar agora!

Ganhando espaço como referência mundial

O restaurante era um sucesso na capital londrina. Isso porque contava com opções diferentes do que se era conhecido na época, influenciando em um crescimento rápido e satisfatório para os jovens fundadores.

No entanto, o que eles não esperavam é que celebridades como Eric Clapton teriam carteirinha de fidelidade no restaurante!

O cantor era um frequentador assíduo da unidade de Londres. Por isso, em um dia inspiradíssimo, decidiu presentear a unidade com uma de suas guitarras — autografada e tudo!

O item rapidamente foi colocado para embelezar as paredes do restaurante. E gerou ciúmes…

Sabendo do fato, o guitarrista Pete Townshend, do The Who, também enviou uma guitarra autografada junto a um bilhete que dizia “A minha é tão boa quanto a dele! Com amor, Pete!”. 

É claro que a sacada gerou uma brecha para começar o que hoje é a maior coleção de artigos do rock do MUNDO. E assim o restaurante foi se tornando referência mundial — em comida e coleção! <3

Unidades por todo o mundo

A fama do restaurante percorreu o mundo de forma muito rápida. Já em 1982, unidades foram abertas por todo o lugar!

Estados Unidos (Califórnia, LA, São Francisco, Nova Iorque, Boston e outros), Paris e Alemanha receberam as primeiras filiais do restaurante mais Rock n’ Roll de todos!

Como mencionamos, atualmente o Hard Rock Cafe está espalhado por 59 países, com mais de 190 unidades em funcionamento.

E, é claro: existem três unidades do Hard Rock Cafe no Brasil! Elas estão localizadas em Curitiba (PR), Gramado (RS) e Fortaleza (CE).

A Fully leva você ao Hard Rock Cafe!

É isso mesmo: a Fully Viagens leva você ao Hard Rock Cafe!

Em nossos pacotes para Buenos Aires e Curitiba, o restaurante é parada obrigatória! Portanto, em ambas as cidades a Fully te leva para conhecer o Hard Rock Cafe.

Confira os pacotes de viagem e escolha a próxima saída para esses destinos. Além do restaurante, você vai aproveitar dias maravilhosos em cidades incríveis. 

Você tem vontade de fazer aquela primeira viagem internacional, mas o medo de ir para o exterior sozinho(a) sempre impediu? Pacote de viagem com guia brasileiro podem ser a solução. 

É normal nos assustarmos quando pensamos em viajar para um lugar cuja cultura, costumes e até mesmo a língua seja totalmente diferente da nossa. Fique tranquilo, você não está sozinho nessa!

Afinal, como planejar uma viagem internacional

Para te mostrar que sua trip pode ser organizada de uma maneira bem mais simples, a Fully preparou algumas dicas. Veja abaixo como um pacote de viagem com guia brasileiro é vantajoso!

Vantagens de viajar com uma agência

Antes de começarmos as dicas de viagem internacional com guia brasileiro, a gente vai te lembrar de uma coisinha:

No post “Todas as vantagens de viajar com uma agência”, você viu como é simples e 0 preocupações contar com a Fully para sua excursão.

O que você não esperava é que…

A Fully tem guias turísticos em todas as suas excursões!

É isso mesmo! Seja um bate e volta na Caverna do Diabo ou um feriado em Buenos Aires, sempre terá um guia acompanhando todo o roteiro nas viagens Fully

Portanto, você terá auxílio, instruções e um script todo organizadinho de sua viagem! Isso, é claro, sem contar na segurança de contar com alguém de nossa equipe a todo e qualquer momento. 

Pacote de viagem com guia turístico: tudo fica mais fácil

Como mencionamos um pouquinho acima, um novo destino pode nos encher de receios sobre como se virar nos 30, né?!

Nos pacotes de viagem com guia turístico (aqui damos ênfase às viagens internacionais pela cultura totalmente diferente da nossa) isso fica muito mais simples.

Afinal, o guia brasileiro é totalmente preparado para esse destino. Ele conhece a língua nativa, sabe os “macetes” de cada lugar e tem conhecimento de montão para compartilhar durante os passeios. 

Isso sem contar que os guias Fully são pura diversão: animação é o que não vai faltar!

Assim, você aproveita de um jeitinho bem mais tranquilo e divertido.

Você se sente muito mais seguro e confiante

Por fim, o resultado é que você se sente muito mais seguro e confiante em sua viagem. 

Se perder ou correr riscos descobrindo novos lugares torna-se praticamente impossível quando se tem um guia auxiliando.

Afinal, ele é seu ponto de referência e apoio durante sua excursão.

Deixe o medo de lado e vem com a Fully

Fazer uma viagem internacional parece menos aterrorizante com o auxílio de um guia, não é mesmo?!

Então aproveita e vem com a gente! Fique de olho nas próximas saídas para o exterior e #partiu ✈️

Decreto confirmado: viajou para o Peru? Então sua próxima parada é a Rainbow Mountain. Conhecida como “Montanha Vinicunca” ou das “7 Cores”, a paisagem encanta os olhos e intriga seus visitantes.

A Montanha Arco-Íris merece a fama que leva a nível mundial. Sua beleza exuberante impressiona e faz acreditarmos que foi pintada à mão!

Para você descobrir mais curiosidades sobre esse lugar incrível, separamos algumas informações bem bacanas. Confira!

Uma corzinha de história

A Rainbow Mountain é, atualmente, um dos principais pontos turísticos de Cusco. Mas o que poucos sabem é que ela foi descoberta em 2013 e aberta à visitação somente em 2016.

Os moradores locais contam que antes a montanha era toda coberta de gelo e neve. Por conta do aquecimento global, houve o derretimento das geleiras e o resultado foi um espetáculo para os nossos olhos.

Mas como a montanha ganhou cores que parecem ter sido pinceladas à mão?

A explicação científica para o fenômeno é a reação química de vários minerais à água e ao oxigênio. E o resultado é o nosso fascínio por essa mistura incrível de cores.

Como chegar na Rainbow Mountain

A primeira informação que você precisa ter em mente é a distância de Cusco à Rainbow Mountain. São 3 horas de viagem — de carro. Por isso, o melhor método de chegar até lá é contratando um transfer ou uma agência especializada. Fica tranquilo(a) que em nosso pacote você já pode incluir o ingresso! 😉

Ao chegar, encontra-se um pequeno povoado local para tomar um café da manhã reforçado para seguir. É comum encontrar o chá de coca (falamos sobre ele no artigo “Dicas para sua viagem à Machu Picchu”) para aliviar os sintomas de soroche — mal-estar causado pela altitude.

De lá, a trilha para a Rainbow Mountain está à 15 minutos de caminhada. E aí sim começa o “verdadeiro” trajeto: 10 km de ida e volta.

O tempo varia muito de acordo com o ritmo de cada pessoa. Em média, são 3h para ir, 2h30 para voltar. Enquanto na subida é preciso parar algumas vezes para respirar um pouco melhor, na volta o trajeto é bem mais tranquilo.

Vale ressaltar que a Montanha Colorida está à uma altitude de 5.100 acima do nível do mar. Portanto,  respeitar os limites do corpo é fundamental durante todo o trajeto.

Dicas para ir à Montanha Colorida no Peru

Como você pôde perceber, para chegar à Rainbow Mountain existem alguns fatores que exigirão um pouquinho mais de você. Para ajudar, separamos dicas para ir à Montanha Colorida no Peru:

  • Leve bastante água, pois a altitude e a sequidão da região vão lhe causar muita sede;
  • Lanchinhos energéticos como chocolate e barrinha de cereal são ótimos para fornecer energia ao corpo;
  • Respeite os limites do seu corpo e as dificuldades do percurso. Mas acredite no seu potencial e mantenha-se motivado para chegar o mais longe que conseguir;
  • Vista-se literalmente com camadas de roupa. Quanto maior a altitude, maior será o frio, mas o esforço da caminhada pode esquentar a temperatura do corpo e você pode sentir calor;

E, por fim, prepare-se para uma das vistas mais lindas que seus olhos já viram! Então, dá uma olhadinha no nosso pacote para Machu Picchu e arrume suas malas. Nós queremos dividir com você essa experiência incrível! <3

Você já sabe o por que Machu Picchu deve estar na sua lista de lugares para conhecer, certo?! Portanto, nós separamos algumas dicas para sua viagem!

Desde as paisagens incríveis à história repleta de misticidade e encantos, a cidade atrai turistas durante todo o ano. Mas é importante atentar-se a diversos fatores: clima, altitude, temporada;

Por isso, a Fully Viagens vai te ajudar a se organizar em sua viagem! Confira as dicas para Machu Picchu!

O clima de Machu Picchu

Sabe aquela história de viver diversas estações em um único dia? Machu Picchu tem um pouco disso!

As temperaturas variam de 6ºC durante a noite, à 21ºC no decorrer do dia. No verão, essa mudança brusca é mais perceptível ainda, com dias bastante calorosos.

O clima da cidade é predominantemente seco. Mas isso, é claro, varia com a temporada. De maio a outubro temos os meses mais frios, bem como o período de seca.

Essa é a melhor época para conhecer Machu Picchu. Nos outros meses do ano, a chuva dá suas caras quase todos os dias — o que torna as trilhas cansativas e até mesmo mais arriscadas.

Soroche: cuidados com a altitude local

Machu Picchu possui uma altitude de 2.430m. Para você ter uma ideia, a cidade com maior altitude do Brasil, Campos do Jordão, possui 1.628m.

Ou seja, a altitude da cidade peruana é realmente alta. E, como nosso corpo não está acostumado, essa brusca diferença pode nos trazer alguns mal-estares. Então, cuidados são necessários.

O mal de altitude é conhecido como soroche. Seus sintomas são: dores de cabeça, vômitos, tontura e náuseas. Mas calma! A maioria das pessoas sentem os sintomas mais leves, como uma dor de cabeça amena e pouca náusea.

E esse mal estar normalmente passa rapidinho: de 4 a 24 horas você já estará bem, totalmente recuperado.

Algumas táticas ajudam a amenizar (e muito) o mal-estar. São elas:

  • Beba muita água;
  • Ao chegar em Cusco, procure fazer passeios leves. O city tour é uma opção bacana pois, no geral, é fundamental estar descansado antes do passeio principal;
  • Não tome remédios para dormir, pois influenciarão na frequência respiratória — e você vai precisar dela bem estável para lidar com o ar mais rarefeito;
  • Mascar folha de coca ou fazer chá da propriedade é uma das soluções para aliviar os sintomas, portanto aposte nisso;
  • A alimentação deve ser leve e o consumo de bebidas alcóolicas não é recomendado.

A junção de todos esses detalhes podem te ajudar a aliviar e até mesmo prevenir um intenso mal-estar.

O que levar no passeio à cidade sagrada?

O passeio em Machu Picchu e no Vale Sagrado é bastante longo — são algumas boas horas de caminhada. Mas, é claro, a paisagem e o trajeto fazem cada minuto valer a pena.

No entanto, é importante ir preparado para isso. Vista roupas e, principalmente, calçados confortáveis. Bonés e chapéus também são importantes para proteger-se do sol. Protetor solar é indispensável!

Além disso, é importante levar água, lanchinhos e principalmente um chocolate e/ou barrinha de cereal. Toda fonte de energia é muito bem-vinda para suprir o desgaste.

Há lugares para comprar comida, mas avisamos desde já: os preços são surreais. Melhor evitar a fadiga, né?!

Leve seu passaporte e carimbe Machu Picchu

Para entrar no parque, você deve apresentar o documento que informou na compra de seu ingresso. No entanto, a nossa dica extra é: leve seu passaporte.

Logo na entrada, à partir das 9h, você vai ver uma fila que direciona à uma mesinha. Lá é possível carimbar uma folha inteirinha com Machu Picchu no seu histórico de viagens. Quem não quer uma lembrança incrível dessas estampada?!?!?!

Seu pacote para Machu Picchu está aqui na Fully

Com essas dicas para Machu Picchu, ficou mais fácil se organizar para sua viagem à cidade perdida dos Incas?!

Então dá uma olhadinho em nosso site, pois o seu pacote para Machu Picchu está aqui. Acesse e garanta sua vaga!