Posts

Situada em Cabo Frio, a Ilha do Japonês é um dos locais mais procurados por turistas que desejam um recanto de tranquilidade na Região dos Lagos. 

Mesmo sendo um charmoso pedaço de floresta localizada no interior do canal do Itajuru, todo seu entorno é chamado de “Ilha do Japonês”, levando em direção à Praia Brava.

Quer saber mais sobre as águas rasas e transparentes deste destino? Confira a seguir com a Fully! 

Um pouco de história

Apelidada de Ilha do Japonês não por qualquer motivo, esta ilha artificial foi criada para facilitar o escoamento do pescado na região. 

Seu nome provém da história de um homem que viveu na ilha e que tinha traços orientais, chamado Itso Kawawa, nascido em Yokohama, Japão.

Itso Kawawa faleceu em 1992 e foi sepultado no cemitério Santa Isabel, localizado na cidade de Cabo Frio.

Mas o que há por lá?

É neste pequeno trecho de Cabo Frio que você encontrará a paz que precisa para curtir as suas férias.

É possível aproveitar aperitivos e drinks à beira-mar nos quiosques espalhados pela região, além de curtir águas calmas e cristalinas.

Se você está viajando com crianças, a Ilha do Japonês é um prato cheio, já que suas águas rasas e sem ondas reduzem os riscos da brincadeira dos pequenos.

Para completar, dá para pegar algumas trilhas e conhecer pontos ecológicos maravilhosos, fechando com um pôr do sol que é simplesmente um espetáculo.

Como chegar até a Ilha do Japonês

O acesso até a Ilha do Japonês se dá pelo Bairro da Ogiva, logo após a Rua dos Biquínis.

Se você está no centro de Cabo Frio, é necessário atravessar o canal pela ponte Feliciano Sodré e seguir as placas em direção ao Peró.

Chegando ao bairro, deve-se pegar a Avenida Marlin e depois a Avenida dos Espadartes. 

Grande parte do trajeto é asfaltada, mas, chegando próximo à Ilha do Japonês, haverá um trecho de estrada de terra.

Se preferir, também dá pra pegar um barquinho que te deixará lá por 5 ou 10 reais, dependendo da época do ano. 

Leia também: Férias na Região dos Lagos, RJ: o que fazer?

Dica importante!

Vale lembrar que, por estar em Cabo Frio, a Ilha do Japonês está em alta no verão.

Por este motivo, recomendamos fazer o seu passeio por lá durante a baixa temporada, ou a experiência pode não ser muito agradável devido ao grande fluxo de pessoas.

Não deixe de visitar este paraíso com a Fully

Já está arrumando as malas pra ir pra Cabo Frio?

Então não perca tempo e corra pra nossa seção de pacotes para planejar aquele final de semana inesquecível com a Fully! <3

Onde se hospedar? Quanto custa? O que fazer? É seguro?

Estas, entre tantas outras, são perguntas que recebemos diariamente sobre a famosa Região dos Lagos: Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio.

Nossa dica é: ao visitar a Região dos Lagos, saiba claramente o que você tem em mente.

Se estiver procurando agitação, vá para Búzios. Apesar dos valores da diária serem um pouco mais elevados em relação aos outros, é lá que a vida noturna agita! A Rua das Pedras conta com inúmeros barzinhos, pizzarias, música ao vivo e famosas baladas!

Está procurando tranquilidade? Cabo Frio, apesar de ser a maior cidade da região, é um lugar bem tranquilo. Existem ótimas opções de pousadas com valores bem acessíveis. Além disso, sua água transparente e areia branquinha dão um charme todo especial para o local.

Se a busca é por natureza, em Arraial do Cabo está localizado o famoso Pontal do Atalaia (a praia da escada). A região é conhecida como um dos melhores pontos de mergulho do Brasil, sendo ideal para passeios de barco durante o dia.

Não é à toa que a Região dos Lagos é chamada de “O caribe brasileiro”, com seus cenários paradisíacos de tirar o fôlego.

Que tal aproveitar e garantir seu pacote de viagem com a Fully? Acesse e #partiu!